Copy
Like Newsletter Setembro 2016 on Facebook
www.novamente.pt
Como vai ser o meu dia?
 
O que é que fazemos no nosso dia? Corremos. Deixamos o tempo passar. Damos por garantida a vida que temos.
Assistimos a tragédias, ou a algum acontecimento inesperado a alguém que nos é próximo. Mas não nos toca. A vida é de facto como é, sabemos que amanhã poderá ser diferente, mas hoje não.
Nos últimos 20 anos mais de 200 mil portugueses foram surpreendidos no seu dia-a-dia. No seu hoje em que tudo estava previsto, bem encaixado e encadeado, surge um inesperado acidente. Atropelamento, acidente rodoviário, um objecto de obras que nos cai na cabeça, uma queda – algo que nos faz um traumatismo craniano grave.

E é assim, de repente estamos inconscientes no hospital e nossos pais, irmãos, esposa largaram tudo o que estava previsto para esse dia e foram ter connosco ao hospital.

Este é o início da história das muitas pessoas que a Novamente acompanha. (...)


Ler mais

Artigo de Opinião para o Jornal Público

Vera Bonvalot - Diretora Executiva da NOVAMENTE
O que temos feito...A nossa missão...

O Bruno, jovem de 23 anos, atropelamento;
O Ricardo, jovem de 37 anos, queda de bicicleta;
O Francisco, jovem de 35 anos, acidente de trabalho;
O Alberto, jovem de 36 anos, acidente de mota;
O Verónica, jovem de 23 anos, acidente de carro.
(....) 20.000 casos ocorrem em Portugal, sendo que 2.000 são muito graves...

Nomes idades e causas diferentes...
Mas que há em comum? todos são vítimas de traumatismo crânio encefálico (TCE)...

A NOVAMENTE tem acompanhado estas vítimas de TCE e as suas famílias através do Encaminhamento para:o Programa de Reinserção Profissional para vítimas de TCE; especialistas nas mais diferentes áreas: direito e saúde; Apoio Emocional aos familiares; Acompanhamento em continuidade à família cuidadora e apoio a atravessar as diferentes fases e conhecer os diferentes riscos e direitos; referenciação para diferentes respostas do Sistema; Doação de produtos de apoio/técnicas, adaptação do lar; etc.
Viver depois de um acidente - conheça o caso de sucesso da Andreia Filipa, vítima de traumatismo crânio encefálico.

Veja aqui
Viver depois de um acidente - conheça o caso de sucesso da Andreia Filipa, vítima de traumatismo crânio encefálico.

Veja aqui
Estivemos presentes no Colóquio Desastre rodoviário na Europa: não seremos todos vítimas? promovido pela Associação de Cidadãos Auto-Mobilizados.

Painel 3 – Apoio à vítima de trauma rodoviário: aspectos médicos e jurídicos – apoio aos lesionados crânio-encefálicos e suas famílias.
Divulgamos os benefícios da Massagem e Reflexologia:

- Reduz os níveis de stresse
- Fortalece o sistema imunitário
- Aumenta a circulação sanguínea e linfática
- Alivia dores
- Ajuda na resolução de problemas emocionais

Contacte a terapeuta Teresa Sousa e saiba mais: 
965 069 346 / tersousa@gmail.com
Marcámos presença no 34º Congresso da Ordem dos Psicólogos, ao apresentar:

Reintegração Social e Apoio Familiar após traumatismo crânio encefálico

Filipa Pereira - Coordenadora do Grupo de PARES de Lisboa
A NOVAMENTE apela a todos os que nos têm apoiado e fazem parte destas vitorias, a vossa ajuda, num contexto de emergência para fazer face até ao fim do ano.
Um donativo, da melhor forma que conseguirem e no valor possível – para nós um donativo é sempre generoso quando vem de um coração bom.

Como?

REF: 10611  // Entidade : 322 300 379 // Montante: 15€

Transferência bancária: PT50 0010 0000 4423 8960 0013 2 (BPI)

Ser amigo ou associado novamente, veja aqui como
Apoie-nos por 1 causa, ajude-nos pelas mais de 600 famílias que acompanhamos
YouTube
YouTube
Siga-nos
Siga-nos
Visite-nos
Visite-nos
Contacte-nos
Contacte-nos
Copyright © 2016 Associação de Apoio aos Traumatizados Crânio- Encefálicos e Suas Famílias, All rights reserved.


Want to change how you receive these emails?
You can update your preferences or unsubscribe from this list

Email Marketing Powered by Mailchimp