Copy


Tarefa #5: Vamos falar de produtividade?

Bom dia!

Quanto tempo gastamos sendo produtivos/as, e quanto tempo passamos vendo vídeos de gatinhos? Hoje, vamos falar de produtividade.

Produtividade aprisionadora


O conceito de produtividade pode ser terrível. Muitas dicas e técnicas que prometem nos ajudar a ser pessoas mais produtivas, na realidade, nos transformam em maquininhas de fazer tarefas.

Antes mesmo de pensar em métodos e ferramentas de produtividade, precisamos parar e pensar nas nossas prioridades e objetivos.

Existe um ditado que diz: "não deixe para amanhã o que você não fazer nunca mesmo."

Ao invés de atacar suas tarefas profissionais para que elas sejam feitas a qualquer custo, que tal parar e pensar se você realmente gostaria de estar fazendo isso?

Métodos de produtividade


O método de produtividade mais conhecido e elogiado é o método GTD (getting things done). É um método bastante completo e você vai encontrar muitas informações no Google sobre ele.

Eu gosto muito deste método, mas acho que ele é um pouco complicado para a minha vida simples. Por isso, uso um tipo de adaptação, chamado ZTD (zen to done), criado pelo escritor Leo Babauta. Você pode baixar o livro dele gratuitamente, em português, neste link. Este método é um pouco mais focado na visão crítica de tarefas, além de ser mais simples.

Ferramentas de produtividade


Um dos meus objetivos relacionados à produtividade é não ter um milhão de ferramentas de produtividade para gerenciar. Sei que para muitas pessoas funciona ter aplicativos específicos. Minhas ferramentas, no entanto, são poucas:

1. Bloco de anotações de papel: onde coloco lista de tarefas e anotações diversas, tudo no mesmo lugar. É bom ser um bloco ou caderno grande, para ir tudo pra lá. Antes eu ia anotando em papéis soltos e virava uma bagunça.

2. Caixa de email: Ã© onde ficam minhas tarefas (envio emails para mim mesma, inclusive). Uso também o Boomerang, para emails que dependem de uma resposta ou de uma ação futura voltarem para a caixa de entrada somente quando forem necessários.

Se você está com muitos emails atrasados, sugiro brincar com o The Email Game, que te obriga a responder ou transformar emails em tarefas, rapidamente, um a um!

3. Tripit: como viajo bastante, uso o Tripit para organizar em um só lugar todas as passagens, hotéis, reservas e planos de viagens.

Sim, essas são minhas únicas ferramentas de produtividade. São todas grátis (até os cadernos e blocos, que ganho de brinde e de presente sempre). Já tentei usar o Evernote, o Wunderlist, OmniFocus, entre outros, mas acho que gerenciar ferramentas de produtividade não é muito produtivo :-)

O mais importante é não perder tempo pensando qual é a melhor ferramenta, e sim escolher uma e criar o hábito de usar somente essa!




Amanhã volto com mais tarefas :-)


Um beijo
Claudia Regina