Para mais informações, consulte o site do CEsA
Não consegue visualizar correctamente este e-mail? Visualize no seu browser.

Call for Paper
XIII International Colloquium


O CEsA, o CSG, a UECE e o ISEG, em colaboração com a Universidade de Brasília, a World Academy of Art and Science e o World University Consortium, organizam de 11 a 13 de Maio de 2016 um XIII Colóquio Internacional, dedicado às dinâmicas globais e mudanças estruturais verificadas desde o início da recessão económica e financeira de 2008. Até 31 de Janeiro de 2016, está aberto o período para submissão de comunicações. Ler mais…

 

CEsA vence Prémio Investigação para o Desenvolvimento

O CEsA, em parceria com a ACEP, recebeu o prémio Investigação para o Desenvolvimento, concedido pela Fundação Calouste Gulbenkian e o Camões – Instituto da Cooperação e da Língua. Nos próximos meses, será desenvolvido um trabalho de investigação com base no projecto Observatório dos Direitos na Guiné-Bissau, implementado pela LGDH, ACEP, CEsA/ISEG. O concurso procura contribuir para reforçar a capacidade de produção de conhecimento e de políticas públicas por parte das ONGD portuguesas, bem como promover a sua aproximação a instituições científicas. Também o IMVF e o CEI-ISCTE venceram o prémio com o projecto Coerência das Políticas de Desenvolvimento: Desafio para a Cidadania Ativa em Cabo Verde. O protocolo foi assinado a 15 de Janeiro numa cerimónia promovida pela Câmara Municipal de Lisboa e pela Secretaria de Estado de Negócios Estrangeiros e Cooperação, que assinalou o encerramento do Ano Europeu para o Desenvolvimento.
 


O Desenvolvimento nos Media em discussão na Gulbenkian

A 14 de Dezembro, os promotores do projecto “Aquele Outro Mundo que é o Mundo – o mundo dos Media e o mundo do Desenvolvimento” (CEsA, ACEP, CEIS20, Coolpolitics) organizaram uma sessão de trabalho na Fundação Calouste Gulbenkian para discutir os primeiros resultados do estudo “O Desenvolvimento nos Media – Visões e Percepções de jornalistas e profissionais do Desenvolvimento” que resulta de um conjunto de entrevistas realizadas nos últimos meses e que será divulgado em Janeiro.

 

Documentário “Operação Angola: Fugir para Lutar”

Este mês sugerimos o documentário “Operação Angola: Fugir para Lutar”, realizado pela jornalista Diana Andringa e que relata a fuga, em Junho de 1961, de cerca de 60 estudantes das então colónias portuguesas, entre os quais se encontravam os ex-presidentes de Cabo Verde e Moçambique, Pedro Pires e Joaquim Chissano, e os ex-primeiros-ministros de Angola e Moçambique, Fernando Van Dunen e Pascoal Mocumbi. O filme, em duas partes, está disponível na íntegra no site da RTP.
 

CAD/OCDE recomenda aumento da Ajuda ao Desenvolvimento e melhoria da supervisão da Cooperação Portuguesa

Foi divulgado a 15 de Dezembro de 2015 o exame interpares de Portugal, promovido pelo Comité de Ajuda ao Desenvolvimento da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (CAD/OCDE), que recomenda que Portugal inverta a tendência de diminuição da Ajuda Pública ao Desenvolvimento (decresceu significativamente ao longo dos últimos três anos consecutivos). Além disso, os avaliadores (República Checa e Luxemburgo) advertem que Portugal deve melhorar a coordenação e a supervisão para garantir um programa de ajuda de grande qualidade, em linha com os Objectivos de Desenvolvimento Sustentável. Ler comunicado de imprensa em português.

 

Portugal na 8.ª posição do Compromisso para o Desenvolvimento

Portugal está na 8.ª posição do Compromisso para o Desenvolvimento de 2015, tendo registado um bom desempenho sobretudo nos domínios da tecnologia e do ambiente. A Ajuda ao Desenvolvimento, Comércio e Migração foram as áreas em que Portugal teve um desempenho mais baixo. A Dinamarca continua a liderar a tabela, seguida da Suécia e Noruega. O Japão ocupa a última posição. O Índice de Compromisso para o Desenvolvimento, divulgado anualmente, classifica o desempenho dos 27 países mais ricos em matéria de políticas que afectam os países em desenvolvimento a nível mundial.

 

Trabalho é a palavra do ano do Relatório de Desenvolvimento Humano 2015

A questão do trabalho – num sentido mais lato que o emprego, de forma a abarcar também outras dimensões como o trabalho voluntário ou criativo – é central no Relatório do Desenvolvimento Humano 2015 recentemente divulgado. “O trabalho como motor do Desenvolvimento humano” é o título do documento que denuncia que há 830 milhões de pessoas classificadas como trabalhadores pobres, que vivem com menos de dois dólares por dia. Mais de 200 milhões de pessoas, incluindo 74 milhões de jovens, estão desempregadas, enquanto 21 milhões de pessoas são hoje vítimas de trabalho forçado. No Índice de Desenvolvimento Humano, divulgado no final do documento, Portugal surge na 43.ª posição.
 
Mecanismo: consulte as linhas de financiamento internacional disponíveis
Consulte no blogue do mecanismo as linhas de financiamento actualmente em curso, dirigidas a ONG portuguesas. 
 

newsletter #36

CEsA - Centro de Estudos sobre África, Ásia e América Latina do Instituto Superior de Economia e Gestão da Universidade de Lisboa (ISEG-UL) investiga questões teóricas e aplicadas ao desenvolvimento político, económico e social a nível global e em particular nos países de língua portuguesa. Faz parte da Rede de Unidades de Investigação e Desenvolvimento financiadas pela FCT - Fundação para a Ciência e a Tecnologia e integra o centro de investigação Ciências Sociais e Gestão (CSG) do ISEG.



O site do CEsA é actualizado semanalmente com informação útil para a comunidade académica. Consulte regularmente o site CEsA e o arquivo de notícias.

Consulte também
Dicionário da Cooperação
Memória de África e do Oriente
Mecanismo: Linhas de Financiamento
Copyright © 2015 Centro de Estudos sobre África, Ásia e América Latina, All rights reserved.
Email Marketing Powered by Mailchimp