Caso não consiga visualizar esta newsletter, entre aqui .
 
n° 260   27 junho 2016
 
FFMS
 
Siga-nos e partilhe a sua opinião no Facebook Facebook
 
 
 
Assista em directo
 
Público ou Privado: há um modelo perfeito?
 
Hoje, a partir das 18 horas
 
 Público ou Privado: há um modelo perfeito?
 
Realiza-se hoje, a partir das 18h, o 7º Fórum aQeduto com o tema – Público e Privado: há um modelo perfeito? Neste fórum irão debater-se algumas diferenças entre o sistema de ensino público e privado, nomeadamente, qual a representatividade das escolas públicas e escolas privadas dependentes e independentes do Estado nos diferentes sistemas educativos da Europa, o impacto nos resultados PISA dos alunos que frequentam as diferentes escolas, autonomia de gestão, entre outros.
 
Assista em directo, a partir das 18 horas, aqui!
 
 
Sabia que...
 
A percentagem de escolas privadas sem apoio do Estado, onde os pais suportam integralmente o custo de educar os seus filhos, é marginal em todos os países? Portugal e Espanha foram os países com a maior percentagem de escolas privadas sem apoio do Estado.
 
Conheça mais factos aqui
 
 
 
 
 
Programa Jardins da Fundação
 
Encontro “Que democracia?”
 
3 a 6 de Outubro
 
O Encontro estende-se para além do dia 7. A programação é composta por fins de tarde a partir do dia 3 de Outubro, no Jardim da Fundação (Edifício da Fidelidade – Chiado 8), onde se vai analisar a democracia e a sua ligação com a música, a literatura e até o humor, e também um ciclo de cinema com curadoria de Pedro Mexia. Conheça o programa em baixo, com entrada livre.

Para dia 7, dia do Encontro, onde catorze oradores de renome internacional se irão juntar para reflectir a democracia, pode comprar já o seu bilhete aqui!
 
Que democracia?
 
Jardim da Fundação
 
Fins de tarde
 
das 18h30 às 20h00
 
Democracia e Humor
 
Conceito. Passados mais de 40 anos sobre a Revolução que devolveu a liberdade ao País, será que já aprendemos a rir de nós mesmos? Do cartoon à rádio, passando pela crónica jornalística, até às inesquecíveis rábulas televisivas, que Portugal é este da graçola, da chalaça, da anedota regional ou clubística? A censura ainda pulsa nos domínios do humor? Quais são, afinal, os limites democráticos do humor português?
 
Democracia e Literatura
 
Conceito. Não existe democracia sem palavra. Dita, falada, escrita. Agora que a democracia já tem idade para ser adulta, que histórias e narrativas estão por contar? Haverá diferenças entre uma literatura em tempos de chumbo e uma literatura sem outra censura que não as ideias lançadas para o lixo pelo próprio autor? A paz, o pão, a habitação, a saúde e um parágrafo bem escrito?
 
Democracia e Música
 
Conceito. A música já foi uma arma. Qual é, hoje, o seu papel na construção da democracia? Esperam os portugueses demais dos músicos? Por outro lado, a proliferação de concertos e de festivais é um sinal de um acesso mais democrático à música? A atomização da indústria discográfica e da distribuição devolveu às pessoas um maior controlo sobre o que ouvem ou fazem falta gatekeepers que ajudem a organizar o que ouvimos? O ensino da música já é democrático ou continua a ser só uma disciplina escolar completamente inútil?
 
Democracia e Participação
 
Conceito. O pior de todos os sistemas com excepção de todos os outros tem no seu ADN a atribuição do poder ao povo, dando a todos os cidadãos a possibilidade de participar ativamente na sociedade, sem exclusões ou preconceitos. Onde ficam as franjas no meio deste processo? O que pode ser feito para que a democracia se possa cumprir? Que reformas do sistema político podem potenciar a participação e o envolvimento dos cidadãos, mesmo dos mais excluídos?
 
 
 Ciclo de Cinema
 
Ciclo de Cinema
 
Às 21h30
 
A Árvore, o Presidente e a Videoteca (1993),
de Eric Rohmer – Clap Filmes Companhia(s) produtora(s)
 
Eleições (1999),
de Alexander Payne - Lusomundo / Paramount Companhia(s) produtora(s)
 
A Onda (2008),
de Dennis Gansel - Prisvideo Distribuição
 
Coriolano (2011),
de Ralph Fiennes
 
 
Redes sociais
 
Acompanhe a actividade da Fundação no Facebook, Twitter, Youtube, Linkedin e conheça o Canal da Fundação na MEO (nº 505050) ou online.
 
 
A Fundação Francisco Manuel dos Santos tem uma política muito restrita sobre o envio de e-mails, não o fazendo em circunstância alguma sem a autorização do seu destinatário.
Caso deseje deixar de receber mensagens desta natureza, envie um e-mail para que o seu contacto seja retirado da respectiva lista. Muito obrigado.

© Copyright 2016 Fundaçao Francisco Manuel dos Santos. Todos os direitos reservados.